Blue Mountains – NSW –  Austrália

Blue Mountains – NSW – Austrália

10 de Maio, 2019 21 Por Vitor Martins

No penúltimo dia, subimos cerca de 150kms e fomos visitar as Blue Mountains, são kms e kms quadrados de eucaliptos de 600 espécies diferentes que dão uma paisagem fantástica!
É uma zona muito bonita, onde vamos passando por aldeias tradicionais, com pequenas lojas de comércio e cafés de ar delicioso!

Saímos bem cedo de Sydney. Tínhamos decidido dias antes, conhecer mais um pouco deste gigantesco país. A nossa primeira paragem seria num parque, que alberga várias espécies de animais, entre elas dezenas de Cangurus e Coalas!

A ansiedade era muita, pelo caminho, fomos falando com o condutor, que nos dizia que o país e em especial a cidade de Sydney, está mergulhada numa especulação imobiliária sem precedentes.

As casas estão a preços exorbitantes e as pessoas estão a endividar-se cada vez mais, há semelhança do que se tinha passado na Europa anos antes. Apesar de tudo nos parecer calmo e tranquilo, e de admirar mos a forma como a milhares de quilómetros de distância, veneram a Rainha de Inglaterra, percebemos que por lá também existem alguns problemas sociais.

 

Chegávamos finalmente ao parque! Os koalas dormem descansados em cima de troncos de árvores. Por aqui, existem centenas de espécies de animais diferentes, mas um deles é especial…

O diabo da Tasmânia dá tantas voltas, de forma tão rápida no mesmo circuito, que nem conseguimos tirar uma fotografia! Impressionante!

 

Os Coalas são animais inofensivos e muito fofinhos! Mas ao que parece, quando alguém se chega muito perto e lhe faz carinhos, pode ter um presente! A sua excitação faz com que ele, possa eventualmente urinar para cima de nós! 😀

Os Coala vivem aos pares, subindo árvores, com atos semelhantes ao da preguiça. É também apelidado de “ursinho-da-austrália”. Na língua indígena local,  Koala significa “animal que não bebe”. De facto, este marsupial, é bastante abstémio: mata a sede apenas com o sumo oleoso das folhas de eucalipto, praticamente o único vegetal que come.

Na Austrália existem 600 espécies de eucaliptos. Estas árvores são muito importantes para a fauna do continente australiano, sobretudo para o coala.

Infelizmente, devido à caça, o Coalas, são mais um dos animais em vias de extinção. Temos de fazer com que alguma coisa mude. Cada um de nós, é responsável por preservar o nosso habitat, estamos a destruir o futuro! 🙁

De seguida fomos para o parque dos Cangurus!

O Canguru é uma espécie endêmica da Austrália, e é o animal mais famoso por terras de “Tio Sam”. São animais principalmente vegetarianos, mas também comem carne se forem criados pelo homem. Este animal caracteriza se por ter as orelhas grandes, e quatro patas, duas para andar e outras duas para se apoiar e para fazer as suas tarefas diárias, um pouco à nossa imagem.

Este simpático Canguru, tornou-se logo meu amigo, comprei-lhe dois cones de baunilha e ele adorou! No fim, para a  fotografia, parece estar a fazer um coração em forma de agradecimento!<3

 

A hora de almoço aproximava-se, era hora de nos despedirmos, iriamos parar em Leura, uma vila mesmo na entrada das Blue Mountains para almoçar!

Depois de almoço entrámos nas verdadeiras Blue Mountains , iniciando a nossa visita no miradouro “Queen Elizabeth” em homenagem claro está, há Rainha de Inglaterra!

Nesta imensidão, podemos apreciar as famosas “Três irmãs” e os milhares e milhares de eucaliptos…:D

 

Como tínhamos cerca de três horas livres por aqui, decidimos fazer uma caminhada e explorar as cascatas. Pelo caminho íamos parando em miradouros de cortar a respiração!

As famosas cascatas das Blue Mountains estavam aqui na nossa frente! Uauuuu! <3

 

 

Depois de termos descansado, voltámos novamente para o ponto de encontro. De seguida iriamos descer novamente, e a cerca de 10kms de Sydney, iríamos apanhar um ferry, que nos levaria até à baía, mas antes disso ainda tivemos tempo de passar no famoso ANZ ARENA!

Foi inaugurado em 1999,  para os Jogos Olímpicos de Verão 2000 e tem capacidade para 83500 espectadores.

Lá fomos então no ferry…

Apesar do céu te ficado meio nublado, a entrada na baía de Sydney, é incrível!

Foi um dia de emoções fortes, era hora de ir descansar!