Emirados Árabes Unidos – Dubai

Emirados Árabes Unidos – Dubai

16 Novembro, 2012 13 Por Ana Carvalho

E no final de 2012 fizemos uma das viagens das nossas vidas!!! Foi a primeira e enorme experiência a conhecer um pais Asiático!!! Como voamos pela Emirates desde Lisboa, ficámos no Dubai uns dias depois de regressarmos de Hong Kong e Macau. Foi também a primeira experiência num Airbus A380-800.

O Dubai é a sede da Emirates, uma das maiores companhias de aviação do mundo.Dentro dos aviões tudo é pensado ao pormenor, desde as cadeiras até ao símbolo da marca. 🙂

Na classe económica os bancos são espaçosos e muito confortáveis e temos uma televisão na nossa frente, com filmes acabados de entrar no cinema, jogos e muito mais… O pormenor da câmara atrás na cauda, dá uma imagem imponente quando descolamos e aterramos… o aeroporto parece pequeno. 🙂

Já na parte executiva, o requinte e a qualidade ainda são mais acentuados… Subimos as escadas e deparamos-nos com o bar, pronto a servir bebidas e snacks em pleno voo, para que possamos relaxar neste gigante dos ares…

De seguida podemos ir descansar, o lugar e incrível… as cadeiras transformam-se numa confortável cama, o que nos permite uma viagem tranquila…

Era hora de levantar voo novamente rumo ao Dubai…

Chegámos novamente ao Dubai, depois da escala na ida para a Ásia, voltamos para ficar dois dias…

A excentricidade do Dubai é conhecida em todo o mundo, mas nós queríamos sentir ao vivo e a cores.

Chegámos numa manhã bem cedo, apanhamos o metro e aí o nosso segundo impacto com o Dubai… o metro era novo e o aeroporto também, tudo e luxuoso e excêntrico, mas por vezes nada prático. No aeroporto tivemos a prova disso, o aeroporto é enorme e as placas de sinalização são algo confusas e precisamos de ter algum cuidado se os nosso voos de ligação forem de espera curta, porque senão, estamos sujeitos a perder o avião…

Foi uma viagem inesquecível do principio ao fim. No Dubai vimos com os nossos próprios olhos o que é a excentricidade do ser humano. Não são este tipo de viagens que nos fascinam, mas subir ao edifício mais alto do mundo é qualquer coisa que ficará para sempre nas nossas memórias. O Burj Kalifha foi sem dúvida o ponto mais alto desta estadia no Dubai. Estávamos ansiosos por conhecê-lo!!

Antes pela manhã bem cedo, chegámos ao hotel, o check-in seria só as 14h, mas os responsáveis tiveram uma simpatia incrível, e deixaram-nos entrar logo por volta das 8h da manhã, e então podemos tomar um banho e descansar da viagem de 10 horas que tínhamos acabado de fazer…

Por volta da hora do almoço, estávamos prontos para conhecer um pouco do Dubai… Rumámos ao Burj Kalifha e num ápice estávamos lá em cima, sim, o elevador demora cerca de um minuto e vinte segundos para subir 128 andares!! Impressionante!! 🙂

Chegávamos ao topo do edifício, onde é possível os visitantes irem, mas existem mais apartamentos para cima, num total de 160 andares, nós ficámos pelo 128º andar!!

Estávamos a quase 700m de altura e esta era a nossa vista! 🙂

O que se vê não impressiona muito, mas o facto de estar a 700m de altura e olhar em volta, dá-nos a sensação do quão pequenos somos neste tão grande planeta! 🙂

E já quase ao fim da tarde, descemos e fomos explorar o maior centro comercial do mundo que fica por baixo deste imponente edifício! O Dubai Mall…

Este centro comercial custou 20 bilhões de dólares e possui 1.200 lojas, hotel, 22 salas de cinemas, uma praça de alimentação com 160 restaurantes de fast-food e 120 restaurantes à la carte, uma pista de patinagem – Dubai Ice Rink, e um dos maiores aquários do mundo com mais de 33.000 animais marinhos em exposição – Dubai Aquarium and Discovery Centre. Facilmente nos perdemos lá dentro…

O dia chegava ao fim, decidimos fazer um tour pela cidade durante a noite. Já com as temperaturas mais baixas, durante o dia chegámos a ter 35 graus secos, dentro dos centros comerciais é um gelo, por causa do ar condicionado, estas diferenças drásticas de temperatura são bastante perigosas e podem estragar uma férias, por isso todos os cuidados são poucos… O tour nocturno não surpreendeu, visitámos novamente o Burj Khalifa e seguimos em direcção ao Burj Al Arab, um imponente hotel de 7 estrelas, único no mundo que se ergue numa das praias do Dubai, este edifício de 231m é o segundo hotel mais alto do mundo… Fomos até a zona de “The Palm Jumeirah”, que dista quase 20kms desde o Burj Khalifa… A extensão da cidade é enorme!! O dia estava a acabar, e nós tínhamos acabado de ver as maiores construções do mundo, na nossa frente!

O dia seguinte acordou com um sol esplendoroso!! Fomos explorar a Dubai Marina e relaxar um pouco nas suas esplanadas abrigados do sol!!!

Voltámos novamente para a zona do Burj Khalifa onde tivemos dois episódios dignos de registo… O primeiro numa das avenidas em volta do Dubai Mall. O Dubai também é conhecido por carros de grande cilindrada e de facto é uma realidade, mas também avariam, como foi o caso deste e lá o tiveram de empurrar como em todo o mundo!! 🙂

Um pouco mais à frente deparamos-nos com este carro…

Chegámos à conclusão que temos para todos gostos e feitios… Ainda tivemos tempo de passar perto do centro comercial que tem uma pista de gelo enorme e explorar o metro e as ruas em volta do Burj Khalifa.

Estava quase na hora de partir. Temos a noção que Dubai é muito mais que o que vimos, é deserto, é parte antiga da cidade, mas isso ficará para uma próxima vez!! 🙂

O nosso objectivo principal era estar aqui e conseguimos! A ideia de criar uma cidade assim, do nada, no médio oriente é boa, mas as temperaturas tórridas não conseguem atrair os turistas que desejavam. Notamos isso no empreendimento “The Palm Jumeirah”, as casas estão vazias… quando passamos de metro, durante kms e kms, os prédios para serviços e comércio só a parte exterior está impecavelmente acabada, por dentro não existe nada.

As praias são típicas de médio oriente e norte de África, águas quentes e limpas. A marina é só excentricidade, mas sinceramente, pensamos que nunca conseguirão atingir o glamour de nenhuma cidade europeia. É uma cidade muito recente, falta património… mas claro isto é a nossa opinião, vale o que vale.
Subir ao topo do Burj é fenomenal apesar do que vemos em volta não ser nada de especial. Vale pela subida, 123 andares em 1m e 20 segundos… É qualquer coisa de extraordinário!! 🙂

Era hora de regressar… apesar de tudo, esta cidade é impressionante!!!

Havemos de voltar! Até um dia Dubai!

https://www.visitdubai.com/pt